Vilas Magazine
Lauro de Freitas
+26°C

Máx +29°

Mín +25°

Dom, 02.02.2014

Moema Gramacho é eleita para sua quarta gestão, em pleito com índice recorde de abstenção

Thiara Reges - Em 01/12/2020

Com 50,77% dos votos válidos a candidata Moema Gramacho (PT) foi reeleita, no dia 15 de novembro, permanecendo como prefeita da cidade de Lauro de Freitas pelos próximos quatro anos. Neste ano completamente atípico, por conta da pandemia do novo coronavírus, o destaque ficou mesmo com os números da abstenção, um índice de 23,55%, o maior já registrado nos últimos 20 anos em eleições municipais na cidade.
 
Do total de 145.205 mil eleitores considerados aptos a votar, apenas 76,45% compareceu às urnas para escolher prefeito, vice-prefeito e os 21 vereadores que estarão à frente do legislativo. O alto índice de abstenção já era esperado, e está relacionado com a pandemia e segue o perfil de outros pleitos que aconteceram em 2020 em todo o mundo.
 
Mas é importante destacar que em Lauro de Freitas o índice de abstenção segue uma tendência de crescimento a cada nova eleição: em 2008 ficou em 14%, crescendo para 16,28% em 2012, 18,38% em 2016 e, por fim, em 2020 os expressivos 23,55%, que representa 34.202 mil eleitores. Esses dados colocam Lauro de Freitas no topo do ranking com o maior índice de abstenção entre as cidades da Região Metropolitana de Salvador.
 
Assim como nas eleições de 2016, Vilas do Atlântico e entorno, que engloba também os eleitores de Buraquinho e Miragem, foi a única localidade onde a candidata Moema Gramacho não conseguiu maioria dos votos: ficou com 17,7%, índice superior ao do candidato Teobaldo Costa (DEM), que recebeu a maioria dos votos válidos, 31,9%. A abstenção bateu redorde: 34,2%.
 
Chama atenção também os resultados apurados no Centro e Itinga, onde o índice de abstenção, 25,3% e 20,8% respectivamente, aparece em segundo lugar, entre os votos de Moema Gramacho e o segundo colocado, Teobaldo Costa. Areia Branca e Portão, por outro lado, foram os bairros com os menores índices de abstenção, cerca de 18%.
 
Areia Branca foi também o bairro onde Moema Gramacho conquistou mais votos, 47,7%, porém uma performance inferior à 2016, quando a peti sta obteve 67% dos votos da localidade. No bairro de Iti nga, que concentra a maior fati a de eleitores da cidade, 52.237 mil ao todo, Moema Gramacho obteve 40,7% dos votos válidos.
 
O melhor resultado dos candidatos Teobaldo Costa e Mauro Cardim foi na região de Vilas do Atlântico; Mirela Macedo em Portão; Felipe Manassés na região do Caji e Vida Nova; e Marcello Santana em Areia Branca.
 
Considerando a totalidade de eleitores de Lauro de Freitas, Moema conquistou uma aprovação de 34,9% dos eleitores, índice similar ao alcançado em 2004 (34,32%), primeira vez em que concorreu ao cargo. O seu melhor desempenho foi em 2008, quando concorreu a reeleição após o primeiro mandato, quando alcançou o índice de 46,07%.
 
Boletim de Urna
Para avaliar o comportamento do eleitorado em cada região do município, a Vilas magazine utilizou os boletins de urna, dados que são disponibilizados pelo Tribunal Regional Eleitoral, com as informações dos votos por seção eleitoral.
 
Nossa análise divide a cidade em seis regiões, considerando a distribuição geográfica, os bairros que fazem fronteira e os locais de votação. É sabido que, de um modo geral, os eleitores tendem a ser alocados no local de votação mais próximo de sua residência, o que nos permite, portanto, fazer esta avaliação quanto à tendência comportamental dos eleitores de cada região.
 
Por sua localização, o resultado das urnas instaladas no prédio da Unime foi dividido entre as regiões de Vilas do Atlântico e do Centro. Já os eleitores registrados no Quingoma foram incluídos no grupo de Areia Branca.
Publicidade
Vilas Magazine© 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Webd2 - Desenvolvimento Web